Janela do fruticultor

Informações adicionais

Significados das abreviaturas utilizadas nos processos de cálculos e analises deste site:

  • Deficiência hídrica (DEF): diferença entre a evapotranspiração potencial e a real;
  • Evapotranspiração real (ETR): a quantidade de água que nas condições reais se evapora do solo e transpira das plantas;
  • Excedente hídrico (EXC): diferença entre a precipitação e a evapotranspiração potencial, quando o solo atinge a sua capacidade máxima de retenção de água;
  • Kc: coeficiente da cultura é utilizado para quantificar os efeitos das características do vegetal nas suas necessidades hídricas;
  • ETP: Evapotranspiração Potencial;
  • ETm: Evapotranspiração Máxima da cultura sendo o produto, ETm = ETPpm x Kc ou, no caso ETm = ETc x Kc
  • ETPenmam - Monteith: Evapotranspiração da referencia utilizando a formula de Penman - Monteith;
  • ETCamargo: Reposição necessária por chuva para voltar a capacidade do campo, sendo considerado a diferença entre a Capacidade de campo e a água disponível atual no solo;
  • ISM: índice de seca meteorológica, conforme padrões entre precipitação e evapotranspiração potencial;
  • ETP: Evapotranspiração potencial;
  • CWS: índice de estresse hídrico da cultura, considerado pela razão ETR/ETP;
  • DSCH10: Dia sem chuva acima ou igual a 10 milímetros;
  • DSCH0: Dia sem chuva igual a zero milímetro;
  • DAAS: Disponibilidade atual de água no solo;
  • CWSIN: índice de seca normalizada para a cultura;
  • CWDI: índice de seca da cultura;
  • CWDF: Fator de água no solo e desenvolvimento da cultura.
  • DISPMAX: Disponibilidade máxima de água disponível no solo.


Para saber mais sobre essas definições acima, consulte os textos anexos:


MéTODOS E MANEJO DA IRRIGAçãO

QUANTIFICAçãO DAS NECESSIDADES HíDRICAS DE CULTURAS PARA MANEJO DA IRRIGAçãO

O SISTEMA BALANçO HíDRICO